SCP-202-PT

Item n°: SCP-202-PT

Nivel de ameaça Amarelo

Classe do Objeto: Euclid

Procedimentos Especiais de Contenção: O SCP-202-PT deve ser mantido em uma caixa de vidro, qualquer cientista que já teve contato com o SCP-202-PT, deve estar acompanhado por 2 Guardas Classe-C Equipados com um Escudo de policia, para diminuir os riscos de fatalidade do SCP-202-PT. Só é permitido testes com o SCP-202-PT com a permissão de um cientista Sênior, e os testes não podem durar mais que 40 minutos

Descrição: O SCP-202-PT é um caderno com a capa de couro de Bos tauros, de 350 paginas. Qualquer objeto ou animal que for escrito no SCP-202-PT, Surgira na frente da pessoa que esta com a posse do caderno, o objeto ou animal que surgir, será nomeado SCP-202-PT-2. caso o que a pessoa escreveu seja uma frase, a frase simplesmente será sugada pelo caderno. em um vídeo em câmera lenta gravado do SCP-202-PT, mostra que o objeto ou o animal sai de uma fenda negra no ar, que aumenta dependendo do tamanho objeto ou animal que foi escrito no caderno. Quando uma pessoa que já usou o SCP-202-PT for exposto novamente a o SCP-202-PT, o caderno ira voar em direção a esta pessoa quando o SCP-202-PT encostar na pessoa, ela instantaneamente ira Morrer por motivos desconhecidos, caso o SCP-202-PT não alcançar a vitima, ele ira parar de atacar a pessoa por 45 minutos, após esse tempo ele voara novamente em direção a pessoa.

Descoberta: O SCP-202-PT foi descoberto no dia {DADOS EXPURGADOS} em um antigo sitio arqueológico em Serra da barriga no município de união dos palmares, no estado de Alagoas. Em uma toca indígena ainda não explorada, foi achado um livro com uma capa de caderno no chão, o caderno estava completamente vazio, o caderno foi deixado no Museu maria mariá, após 1 semana da descoberta, a 3:53 AM, o caderno foi furtado, e após uma investigação que durou um mês, o Ladrão foi encontrado morto, com o caderno em cima do peito do ladrão, e no lado do corpo, tinha um caderno de capa preta, com a palavra "neon" escrito na capa, e no SCP-202-PT, estava escrito "caderno". uma autopsia foi feita no corpo do ladrão, e não foi encontrado nenhum dano externo ou interno. Após esta autopsia, foi reportado a fundação sobre este caderno, e a fundação mandou 2 agentes classe-C foram mandados para pegar o caderno e leva-lo pra fundação.

Adendo-SCP-202-PT-A: Após a contenção, o Dr.██████, foi encarregado de testar o SCP-200-PT, ele primeiro escreveu algumas palavras, como: "oi" "amanha" "depois", mas todos foram sugados pelo caderno. quando ele escreveu "celular", depreende surgiu um celular Samsung galaxy note 10 Plus na frente do Dr.██████, o celular funcionava igual a outros celulares, e o Dr.██████ escreveu mais alguns objetos, mas ele fez um teste e escreveu "rato" e surgiu um Rattus na frente do Dr.██████, e era como um Rattus normal, as ações, alimentação e os órgãos.

Adendo-SCP-202-PT-B: Após 2 dias do primeiro teste, o Dr██████ voltou para fazer mais testes com o SCP-202-PT, mas quando ele adentrou na sala com o SCP-202-PT, o SCP-202-PT voou em direção ao Dr.██████, e quando encostou em seu peito, ele caiu no chão morto, soldados classe-C adentraram na sala, e retiraram o corpo do Dr.██████.

Adendo-SCP-202-PT-C: Um agente Classe-D, D-8939, foi instruído a escrever algo no caderno, sair, e após uns 60 minutos voltar para a sala que o SCP-202-PT estava. Após isso, ele adentrou na sala, escreveu "copo" no SCP-202-PT, e surgiu um copo na frente dele. após ele escrever no SCP-202-PT, ele se retirou do cômodo, esperou 60 minutos, e adentrou de novo, mas com um escudo de policial o protegendo, ele adentrou no cômodo, e o SCP-202-PT voou em direção ao D-8939, mas ele se defendeu com o escudo, e quando o SCP-202-PT se chocou com o escudo, o caderno cai no chão, sem nenhum movimento, o D-8939 foi instruído a ficar 60 minutos dentro da sala, e após 45 minutos dentro da sala, o SCP-202-PT voou em direção a o D-8939, o pegando desprevenido, se chocando com seu peito, e o matando.

Adendo-SCP-202-PT-D: Outro classe-D, o D-9787, foi instruído a escrever uma frase com um objeto no meio da frase, o D-9787 adentrou no cômodo com o SCP-202-PT, e ele escreveu "uma frase com Escaleta no meio" quando ele termina de escrever, a parte "uma frase com … no meio" foi sugada e apenas a "escaleta" não foi sugada, e surgiu uma escaleta na frente do D-9787, e ele foi instruído a se retirar do cômodo.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License