Neppale
avaliação: 0+x

Item nº: SCP-031-PT

Classe de Objeto: Neutralizado Euclídeo

Nível de Ameaça:

Procedimento Especial de Contenção: SCP-031-PT foi neutralizado e nenhum procedimento especial de contenção é necessário. Quando for capturado, SCP-031-PT deve ser mantido em uma câmara humanoide padrão, com paredes feitas de concreto resistente à explosões. A proteção deve ser feita por no mínimo quatro funcionários Classe D equipados com máscaras faciais que escondam a boca e o nariz e granadas M67 ou similares.

Descrição: SCP-031-PT é uma criatura humanoide de 1,89 metros de altura. Sua pele é composta de um material similar a pele humana, porém de aparência necrosada e sem pelos. Em seu rosto, é possível notar a ausência de uma cavidade nasal e uma boca sem lábios. A sua pele também secreta um tipo de “gosma” de material desconhecido, de composição similar ao ácido clorídrico. SCP-031-PT costuma andar lentamente e recurvado, porém altera seu comportamento ao se sentir ameaçado, alcançando velocidades de até 23 metros por segundo a fim de fugir ou caçar.1

SCP-031-PT é uma criatura humanoide de 1,89 metros de altura. Sua pele é composta de um material similar a pele humana, porém carbonizada e sem pelos. Em seu rosto, é possível notar a ausência de uma cavidade nasal e uma boca sem lábios, aproximadamente 10% mais larga que a de um humano. A sua pele também aparenta se desmanchar facilmente, porém se recompõe ao se alimentar. SCP-031-PT costuma andar lentamente e recurvado, porém altera seu comportamento ao se sentir ameaçado, alcançando velocidades de até 18 metros por segundo a fim de fugir ou caçar.

A criatura também possui a habilidade de contorcer os seus ossos, músculos e tendões indefinidamente, sem sentir dor ou danificar seus órgãos internos, permitindo que passe por qualquer local, independentemente do tamanho da abertura.

Além disso, SCP-031-PT apresenta alta resistência contra qualquer tipo de munição, explosões e fogo, fugindo ao notar ferimentos profundos em sua pele. Suas feridas costumam demorar dias para serem regeneradas, porém o processo é acelerado caso a entidade se alimente com maior frequência, podendo curar ferimentos profundos em algumas horas. Sua pele carbonizada, porém, é a única "ferida" que SCP-031-PT aparenta não conseguir regenerar para seu estado anterior.

Para matar, é comum que SCP-031-PT entre por qualquer abertura no corpo de sua vítima – geralmente a cavidade bucal – utilizando sua habilidade de contorção, destruindo os órgãos internos da vítima em poucos segundos e saindo pela mesma abertura, para logo em seguida comê-la. Caso não haja aberturas visíveis no corpo da possível vítima, a entidade se recusa a atacar.

Descoberta: SCP-031-PT foi localizado em uma área rural em █████████ - RN no dia 23 de janeiro de 2017 devorando dois moradores locais. Na chegada da Fundação, a entidade fugiu para uma região ao sul, porém foi localizada e capturada em uma jaula de metal padrão. Utilizando sua habilidade de contorção, SCP-031-PT escapou da jaula, dando início a uma nova busca.

Adendo-1: Duas missões de busca foram realizadas nos dias 24 e 25 de janeiro de 2017, com o objetivo de encontrar e conter SCP-027-PT. As missões foram realizadas pela Força Tarefa Móvel Lesson-5 “Fibonacci”, liderada pelo Cpt. Freitas e Dr. Dias.

Adendo-2: Novas aparições de SCP-031-PT foram relatadas em áreas próximas à área da segunda missão de busca. De acordo com os relatos, a entidade relatada apresentava o corpo severamente carbonizado. Sete missões de busca foram realizadas entre abril e novembro de 2017 com o objetivo de encontrar e conter SCP-031-PT. Acredita-se que SCP-031-PT estava ciente da existência da Fundação e evitava caçar ao pensar que possíveis agentes estejam por perto, o que enfraqueceu a entidade, facilitando sua captura no dia 7 de novembro de 2017.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License