Chuchu É pior

Era o começo do feriadão, chegando em plena sexta-feira após horas de viagem de carro, estava aquela pequena família de amigos, um conjunto de duas primas e dois primos, a ideia de trazer Marcel para o Rondônia foi de Leandro, já que ele não queria ir para uma clinica de reabilitação, a única pessoa que concordou com Leandro foi Amanda, ela acreditava que trazendo seu irmão para longe dos problemas e estresses da cidade pudesse amenizar suas dependências químicas, e para dizer ''eu te avisei'' estava Luada, talvez um lembrete a Marciel que se ele não melhorar depois disso, ele vai ser internado a força, são três semanas, o máximo que eles deveriam ficar por lá.

Já fazia quatro horas que haviam passado por Rondônia, a estrada de barro estava sendo tomada pela vida ao redor conforme eles corriam mata a dentro, a imagem de civilização é vista, a casa do amigo de Leandro.

''Serio?'' Questionava Amanda, ''Quando você disse que a casa do seu amigo era em um lugar bem isolado, você poderia dizer que….''

''Era no meio do mato? Ele disse umas quinze vezes'' interrompia Luada ''Eu não sei como isso vai ajudar mais que profissionais treinados, mas espero que o plano não seja matar Maciel de malária ou febre amarela antes que ele volte pra casa''

Os olhos irritados de Marciel se encontra com Luanda por alguns instantes antes de todos saírem do carro.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License